Veja ataca senador Alvaro Dias com falsas notícias

O site "Justiça em Foco" obteve com exclusividade acesso a uma certidão fornecida pela SISCART/RJ que contraria todas as informações publicadas em 15 de março pela revista Veja, que acusou o senador Alvaro Dias de ter cobrado R$ 5 milhões do empresário Samir Assad  

Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária. Em discurso, senador Alvaro Dias (PSDB-PR). Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado
Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária. Em discurso, senador Alvaro Dias (PSDB-PR). Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado (Foto: Lais Gouveia)

247 - O senador e pré-candidato à Presidência da República, Alvaro Dias (Podemos), foi alvo de notícias falsas da Revista Veja, segundo informou o site "Justiça em Foco". Uma reportagem da revista afirmou que Alvaro cobrou R$ 5 milhões do empresário Samir Assad para abafar a chamada “CPI do Cachoeira”.  

O site "Justiça em Foco" obteve com exclusividade acesso a uma certidão fornecida pela SISCART/RJ (Sistema Cartorário da Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro/RJ) ao processo nº 186/2016, que contraria todas as informações publicadas em 15 de março pela Veja.     
  
A reportagem do site Justiça em Foco afirma que a certidão deixa clara a seguinte informação: “constatamos a existência de (03) inquéritos Policiais, em distintas delegacias especializadas, registrados sob o nº 186/2016, sendo que nenhum deles envolve o senador Álvaro Dias”. 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247