Veja diz que Bolsonaro quebra decoro, mas defende sua agenda econômica

Revista Veja que chega às bancas nesta sexta-feira (20) defende em seu editorial a agenda econômica neoliberal do governo Jair Bolsonaro apesar de afirmar que o ex-capitão quebrou o decoro com suas “desastradas declarações” contra nordestinos e ao falar sobre a morte do pai do presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, assassinado pela ditadura militar

(Foto: Reprodução | PR)

247 - A revista Veja que chega às bancas nesta sexta-feira (20) defende em seu editorial a agenda econômica neoliberal do governo Jair Bolsonaro apesar de afirmar que o ex-capitão quebrou o decoro com suas “desastradas declarações” contra nordestinos e ao falar sobre a morte do pai do presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, assassinado por agentes da ditadura militar. 

Segundo a Veja, “vale destacar que essas mudanças, ao lado de uma agenda liberal já em andamento, são fundamentais para colocar o país numa rota de crescimento sustentado”. 

Mas, segundo o editorial, “a quebra permanente do decoro presidencial, assunto de outras quatro capas de VEJA desde sua posse, tumultua o ambiente político, a economia, e pode ser uma ameaça desnecessária à democracia”. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247