Veja faz capa criminosa sobre liberdade de Dirceu

A edição deste fim de semana da revista Veja criminaliza a liberdade concedida ao ex-ministro José Dirceu pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal, uma decisão que recupera parte da garantia constitucional desrespeitada com o andamento da Lava Jato; a publicação da Abril relaciona ainda a decisão como um deboche ao ministro Gilmar Mendes, sendo que a soltura se deu graças aos votos de três ministros

Veja faz capa criminosa sobre liberdade de Dirceu
Veja faz capa criminosa sobre liberdade de Dirceu (Foto: Reprodução | Lula Marques)

247 - A edição deste fim de semana da revista Veja criminaliza a liberdade concedida ao ex-ministro José Dirceu pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal, na última terça-feira 26.

A decisão sobre Dirceu recupera parte da garantia constitucional desrespeitada com o andamento da Lava Jato, entre outras decisões que foram tomadas nos últimos dias pela Corte, como a inocência da senadora Gleisi Hoffmann, presidente do PT, e a proibição das conduções coercitivas de investigados.

A publicação da Abril relaciona ainda a decisão como um deboche ao ministro Gilmar Mendes, sendo que a soltura se deu graças aos votos de três ministros da Segunda Turma: além de Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli, contra o voto contrário apenas de Edson Fachin. Celso de Mello, que também integra a turma, não estava presentes neste julgamento.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247