Velha mídia distorce fala de Lula sobre Jesus

Pelo menos dois veículos, Veja e Folha de S. Paulo, deturparam a fala do ex-presidente, denuncia o Jornal GGN, do jornalista Luis Nassif; Lula não falou sobre honestidade quando citou Jesus Cristo; na verdade, falou em popularidade e perseguição; assista

Pelo menos dois veículos, Veja e Folha de S. Paulo, deturparam a fala do ex-presidente, denuncia o Jornal GGN, do jornalista Luis Nassif; Lula não falou sobre honestidade quando citou Jesus Cristo; na verdade, falou em popularidade e perseguição; assista
Pelo menos dois veículos, Veja e Folha de S. Paulo, deturparam a fala do ex-presidente, denuncia o Jornal GGN, do jornalista Luis Nassif; Lula não falou sobre honestidade quando citou Jesus Cristo; na verdade, falou em popularidade e perseguição; assista (Foto: Gisele Federicce)

Jornal GGN - Mal havia sido encerrada a coletiva de imprensa convocada por Lula e sua defesa para rebater as acusações da Lava Jato e já circulavam em portais da velha mídia notícias de que o ex-presidente disse que só perdia para Jesus Cristo em honestidade.

O GGN flagrou pelo menos dois veículos, Veja e Folha de S. Paulo, deturpando a fala do ex-presidente. Lula não falou sobre honestidade quando citou Jesus Cristo. Na verdade, ele falou em popularidade e perseguição.

Por volta dos 40 minutos, no vídeo abaixo, Lula tece comentários sobre ninguém estar acima da lei. Nem ele, nem membros do Ministério Público ou mesmo do Supremo Tribunal Federal.

No começo da coletiva, Lula disse que não queria falar como "ex-presidente", mas como um cidadão indignado com um Ministério Público que substitui provas por convicções de ordem política.

Depois, continuou: "Estou falando como cidadão indignado. Como pai de cinco filhos, avô de sete netos e futuro bisavô, porque minha neta resolveu ficar grávida. Eu tenho uma história pública conhecida. Acho que só ganha de mim, aqui no Brasil, Jesus Cristo. Porque pense num cabra marcado e conhecido nesse País. Foi assim no Sindicato, foi assim no PT", e seguiu falando sobre como se vê na juventude de hoje, que vai às ruas em busca de direitos e contra retrocessos.

A fala sobre Jesus Cristo começa por volta dos 40'55''.

Corrigida nas redes sociais alguns minutos após a publicação errada, Folha trocou a palavra "honestidade" por "popularidade".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247