Vera Magalhães iguala bolsonarismo a chavismo

Para a jornalista Vera Magalhães, que foi uma das porta-vozes pelo golpe contra Dilma Rousseff, Jair Bolsonaro e Hugo Chávez são equivalentes ao defender o armamento da população

Vera Magalhães, Jair Bolsonaro e Hugo Chávez
Vera Magalhães, Jair Bolsonaro e Hugo Chávez (Foto: Reprodução | Jorge Silva/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A jornalista do Estado de São Paulo e apresentador do programa Roda Viva, Vera Magalhães igualou o bolsonarismo ao chavismo venezuelano. Segundo ela, que foi uma das porta-vozes pelo golpe contra Dilma Rousseff em 2016, Jair Bolsonaro mentiu, em reunião ministerial, ao afirmar que todo ditador desarmou o povo. A jornalista usa o ex-presidente da Venezuela, Hugo Chavez, com um suposto exemplo de “ditador” que armou a população”.

Além disso, ela afirmou: “gravíssimo no vídeo é Bolsonaro dizer que vai ‘escancarar’ a questão do armamento, que quer o povo todo armado para reagir a prefeitos e governadores. Diante de todo o gabinete evidencia projeto de formação de uma milícia paramilitar para ‘resistir’ sabe-se lá a que. Chavismo puro”. Confira.

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247