Vídeo retrata a história da perseguição de Veja a Lula

Um vídeo divulgado pelo mandato da deputada Benedita da Silva (PT-RJ) mostra a história da perseguição da revista Veja contra o ex-presidente Lula; em março de 1979 surge a primeira capa contra o então líder sindical, que atuava no ABC Paulista; vídeo mostra que de 1979 até 2017, a revista já colocou Lula na capa mais de 70 vezes e em 60 dessas foram capas negativas; "É o medo de o cara voltar", encerra o vídeo  

Um vídeo divulgado pelo mandato da deputada Benedita da Silva (PT-RJ) mostra a história da perseguição da revista Veja contra o ex-presidente Lula; em março de 1979 surge a primeira capa contra o então líder sindical, que atuava no ABC Paulista; vídeo mostra que de 1979 até 2017, a revista já colocou Lula na capa mais de 70 vezes e em 60 dessas foram capas negativas; "É o medo de o cara voltar", encerra o vídeo
 
Um vídeo divulgado pelo mandato da deputada Benedita da Silva (PT-RJ) mostra a história da perseguição da revista Veja contra o ex-presidente Lula; em março de 1979 surge a primeira capa contra o então líder sindical, que atuava no ABC Paulista; vídeo mostra que de 1979 até 2017, a revista já colocou Lula na capa mais de 70 vezes e em 60 dessas foram capas negativas; "É o medo de o cara voltar", encerra o vídeo   (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um vídeo divulgado pelo mandato da deputada Benedita da Silva (PT-RJ) mostra a história da perseguição da revista Veja contra o ex-presidente Lula. Em março de 1979 surge a primeira capa contra o então líder sindical, que atuava no ABC Paulista.

O vídeo mostra que de 1979 até 2017, a revista já colocou Lula na capa mais de 70 vezes e em 60 dessas foram capas negativas.

"É o medo de o cara voltar", encerra o vídeo.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247