Xico Sá: deu tudo errado para os golpistas

Em entrevista à TV 247, o jornalista e escritor Xico Sá avalia o fracasso absoluto do golpe parlamentar de 2016, que retirou uma presidente legítima sem comprovação de crime e pôs em seu lugar um sindicato de corruptos; "Para eles era para estar jogo ganho, depois do que aconteceu, do golpe, às vésperas da eleição, eles entendiam o terreno como dominado inteiro. E não está. Tem muita resistência", diz Xico; "No roteirão do golpe, essas reformas eram para estar um sucesso no entendimento deles, do mercado e deu merda geral para eles", acrescenta   

Xico Sá: deu tudo errado para os golpistas
Xico Sá: deu tudo errado para os golpistas (Foto: Editora Brasil 247 | Ricardo Stuckert)

TV 247 – O jornalista e escritor Xico Sá participou do programa Ferrez em Construção, analisando diversos temas referentes à sociedade brasileira, incluindo a baixa estima do povo e o poder da mídia hegemônica que lucra com seus falsos algozes.

Xico Sá avaliou o fracasso absoluto do golpe parlamentar de 2016, que retirou uma presidente legítima sem comprovação de crime e pôs em seu lugar um sindicato de corruptos. "Para eles era para estar jogo ganho, depois do que aconteceu, do golpe, às vésperas da eleição, eles entendiam o terreno como dominado inteiro. E não está. Tem muita resistência", diz ele. "No roteirão do golpe, essas reformas eram para estar um sucesso no entendimento deles, do mercado e deu merda geral para eles", acrescenta. 

O jornalista observa o cenário melancólico do País. "O povo anda numa miséria tão grande, que de uma hora para outra a Copa passou a ter uma grande relevância, uma salvação para um País que está perdendo direitos trabalhistas, tirando o que o Sistema Único de Saúde tinha de razoável, ou seja, o brasileiro enfrenta um 7x1 diário", lamenta. 

Virou meio de vida fuder a vida do Lula

Criticando parcelas da mídia hegemônica, Xico Sá cita uma veia lucrativa do jornalismo. "Virou um meio de vida fuder a vida de Lula, e as pessoas sobem na carreira dessa forma, eu não acho legal ser uma peixeira de aluguel", condena o jornalista. 

Ao analisar a conjuntura pré-eleitoral, Xico Sá afirma que a direita "previa um terreno limpo para vencer o pleito de 2018" e completa: "Mas não estamos derrotados, existe muita resistência".

Machista em desconstrução

Xico Sá se considera um machista em desconstrução e rechaça o episódio envolvendo a candidata à presidência Manuela D`Ávila (PCdoB-RS), que sofreu dezenas de interrupções e questionamentos capciosos durante entrevista no programa Roda Viva. "Foi um espetáculo mais imoral da história, aquilo é tudo, menos jornalismo", conclui.

Inscreva-se na TV 247 e confira a entrevista com o jornalista Xico Sá 


Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247