Xico Sá sobre atentado: se fosse contra a direitona teria plantão das TVs

O jornalista Xico Sá criticou no Twitter a cobertura que vem sendo feito na imprensa tradicional do atentado a tiros contra o acampamento que defende a liberdade de Lula em Curitiba; neste sábado, o Jornal Hoje, da TV Globo, ignorou o fato; "Se fosse contra a direitona teria plantão das maiores redes de tv", comparou Xico

O jornalista Xico Sá criticou no Twitter a cobertura que vem sendo feito na imprensa tradicional do atentado a tiros contra o acampamento que defende a liberdade de Lula em Curitiba; neste sábado, o Jornal Hoje, da TV Globo, ignorou o fato; "Se fosse contra a direitona teria plantão das maiores redes de tv", comparou Xico
O jornalista Xico Sá criticou no Twitter a cobertura que vem sendo feito na imprensa tradicional do atentado a tiros contra o acampamento que defende a liberdade de Lula em Curitiba; neste sábado, o Jornal Hoje, da TV Globo, ignorou o fato; "Se fosse contra a direitona teria plantão das maiores redes de tv", comparou Xico (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Xico Sá criticou no Twitter a cobertura que vem sendo feito na imprensa tradicional do atentado a tiros contra o acampamento Marisa Letícia, que defende a liberdade do ex-presidente Lula em Curitiba. Foram disparados vários tiros e duas pessoas ficaram feridas, uma em estado grave - já fora de perigo.

"Chega de cobrar dos meus amigos jornalistas algo que eu também não consegui fazer quando estava lá, afinal de contas quem manda é o dono, mas, porra, esse atentado contra o acampamento de Curitiba foi pesado; isso é terror. se fosse contra a direitona teria plantão das maiores redes de tv", postou o jornalista.

Os portais de notícias repercutiram o atentado, mas a TV Globo ignorou o fato no Jornal Hoje, transmitido no início da tarde. Depois de uma enxurrada de críticas, o Jornal Nacional deu uma reportagem sobre o caso.

Segundo a perícia, as balas foram disparadas de pistolas 9 mm, que tem uso restrito no Brasil, apenas para Exército e polícias.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247