Xico Sá: todo mundo sabe que Temer tem um nó no Porto de Santos. Mas como não é Dilma, ninguém liga

Jornalista Xico Sá, colunista do El País, afirmou que “a polícia federal sabe, a folha sabe, o Estadão sabe, o Globo sabe. Todo mundo sabe que Michel Temer tem um nó no Porto de Santos”; "Mas como não é a Dilma, ninguém liga de verdade", disse ele; a PF investiga se o governo Michel Temer favoreceu a empresa Rodrimar; em janeiro, na semana em que responderia às 50 perguntas da PF, Temer teve um encontro com o diretor-geral da corporação, Fernando Segóvia, em agenda secreta

Jornalista Xico Sá, colunista do El País, afirmou que “a polícia federal sabe, a folha sabe, o Estadão sabe, o Globo sabe. Todo mundo sabe que Michel Temer tem um nó no Porto de Santos”; "Mas como não é a Dilma, ninguém liga de verdade", disse ele; a PF investiga se o governo Michel Temer favoreceu a empresa Rodrimar; em janeiro, na semana em que responderia às 50 perguntas da PF, Temer teve um encontro com o diretor-geral da corporação, Fernando Segóvia, em agenda secreta
Jornalista Xico Sá, colunista do El País, afirmou que “a polícia federal sabe, a folha sabe, o Estadão sabe, o Globo sabe. Todo mundo sabe que Michel Temer tem um nó no Porto de Santos”; "Mas como não é a Dilma, ninguém liga de verdade", disse ele; a PF investiga se o governo Michel Temer favoreceu a empresa Rodrimar; em janeiro, na semana em que responderia às 50 perguntas da PF, Temer teve um encontro com o diretor-geral da corporação, Fernando Segóvia, em agenda secreta (Foto: Leonardo Lucena)

247 – Jornalista Xico Sá, colunista do El País, afirmou que “a polícia federal sabe, a folha sabe, o Estadão sabe, o Globo sabe. Todo mundo sabe que Michel Temer tem um nó no Porto de Santos”.

Mas como não é a Dilma, ninguém liga de verdade, mesmo sabendo que Michel é corrupto pra carajo. Eis a vida, eis a imprensa, pronto, Dilma é mulher”, escreveu ele em sua conta no Twitter. "Se a PF fosse de verdade, mas a gente sabe q Temer já comprou tudo. Temer já teria caído, foda-se".

A PF investiga se a medida que ampliou para 35 anos as concessões do setor favoreceu a Rodrimar. São investigados Michel Temer, o ex-assessor da Presidência Rodrigo Rocha Loures, o presidente da Rodrimar, Antônio Grecco, e o diretor da empresa Ricardo Mesquita.

Vale ressaltar que, em janeiro, na semana em que responderia às 50 perguntas da PF, Temer teve um encontro com o diretor-geral da corporação, Fernando Segóvia, em agenda secreta. Segovia foi o mesmo que, durante entrevista à Reuters, sugeriu que a tendência é de arquivamento do inquérito.

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247