Zuckerberg convoca brasileiros a protestar por internet livre

Dono do Facebook, empresa que controla o WhatsApp, Mark Zuckerberg critica o bloqueio do aplicativo no Brasil e defende internet livre: "A ideia de que todos os brasileiros possam ter seu direito à liberdade de comunicação negado dessa forma é muito assustadora em uma democracia"; ele propõe que os usuários das redes apoiem a recém-formada Frente Parlamentar pela Internet Livre

Zuckerberg convoca brasileiros a protestar por internet livre
Zuckerberg convoca brasileiros a protestar por internet livre (Foto: Craig Ruttle)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Dono do Facebook, empresa que controla o WhatsApp, Mark Zuckerberg usou sua rede para agradecer o apoio contra o bloqueio do aplicativo por ordem da Justiça brasileira. "Vocês se expressaram e suas vozes foram ouvidas. Quero agradecer à nossa comunidade por nos ajudar a resolver essa situação."

Ele convoca os brasileiros a se manifestarem pela internet livre: "A ideia de que todos os brasileiros possam ter seu direito à liberdade de comunicação negado dessa forma é muito assustadora em uma democracia. Você e seus amigos podem ajudar a garantir que isso nunca mais aconteça e eu espero que vocês se envolvam."

Zuckerberg propõe que os usuários das redes apoiem a recém-formada Frente Parlamentar pela Internet Livre, que está organizando um evento nesta quarta-feira (4).

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247