Zuckerberg defende liberdade de expressão e que políticos possam mentir em anúncios

O presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, afirmou que teme "a erosão da verdade" na internet

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, defendeu a liberdade de expressão em duas ocasiões nesta quinta-feira (17). Em entrevista ao jornal The Washington Post, o dirigente afirmou que teme "a erosão da verdade" na internet e que defende não haver política de proibição de anúncios políticos com mentiras na rede social. 

"Não acho que que as pessoas querem viver num mundo onde você só pode dizer coisas que as empresas de tecnologia determinam que são 100% verdadeiras", afirmou ao jornal. "Acho que essas são tensões com as quais temos que conviver", continuou. 

Democratas criticaram a companhia por permitir um anúncio da campanha de 2020 de Donald Trump que inclui deturpações sobre o ex-vice-presidente Joe Biden.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247