A Bolívia não é uma colônia mexicana, diz chanceler do governo de Jeanine Añez

“Simplesmente pedimos ao governo de López Obrador que pare de se intrometer em nossos assuntos internos e respeite a soberania boliviana”, disse Karen Longaric em resposta ao presidente mexicano. “A Bolívia não é uma colônia mexicana”, acrescentou

Ministra interina das Relações Exteriores da Bolívia, Karen Longaric
Ministra interina das Relações Exteriores da Bolívia, Karen Longaric (Foto: David Mercado/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Isla Binnie

MADRI (Reuters) - O México deveria ficar de fora dos assuntos internos da Bolívia após o colapso do governo socialista do ex-líder Evo Morales no mês passado, disse a ministra interina das Relações Exteriores da Bolívia, Karen Longaric, em entrevista publicada no sábado.

Há dias ocorre uma disputa entre o presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, e os líderes interinos da Bolívia sobre a concessão de asilo pelo México em suas instalações diplomáticas em La Paz a nove pessoas, incluindo aliados de Morales, que a Bolívia quer processar por sedição e revolta armada.

“Simplesmente pedimos ao governo de López Obrador que pare de se intrometer em nossos assuntos internos e respeite a soberania boliviana”, disse Longaric ao jornal espanhol El Pais.

“A Bolívia não é uma colônia mexicana”, acrescentou Longaric, que assumiu o ministério sob a presidente interina Jeanine Añez no mês passado, depois que Morales renunciou e fugiu para a Cidade do México, após acusações de intromissão eleitoral.

A entrevista foi realizada antes de o México relatar um incidente na residência de seu embaixador em La Paz, na sexta-feira, dizendo que a polícia boliviana impediu a saída de autoridades espanholas que faziam visita ao local.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247