Alemanha autoriza ação militar para combater o EI na Síria

Conselho de Ministros da Alemanha aprovou que suas Forças Armadas entrem na luta contra o grupo extremista Estado Islâmico na Síria,; Alemanha poderá mobilizar até 1,2 mil militares, além de navios de guerra e aviões de reconhecimento e abastecimento; decisão ainda tem que  ser aprovada pelo Parlamento alemão

Conselho de Ministros da Alemanha aprovou que suas Forças Armadas entrem na luta contra o grupo extremista Estado Islâmico na Síria,; Alemanha poderá mobilizar até 1,2 mil militares, além de navios de guerra e aviões de reconhecimento e abastecimento; decisão ainda tem que  ser aprovada pelo Parlamento alemão
Conselho de Ministros da Alemanha aprovou que suas Forças Armadas entrem na luta contra o grupo extremista Estado Islâmico na Síria,; Alemanha poderá mobilizar até 1,2 mil militares, além de navios de guerra e aviões de reconhecimento e abastecimento; decisão ainda tem que  ser aprovada pelo Parlamento alemão (Foto: Paulo Emílio)

Lusa - O Conselho de Ministros da Alemanha aprovou hoje (1º) a intervenção de suas Forças Armadas na luta contra o grupo extremista Estado Islâmico na Síria, numa missão que poderá mobilizar até 1,2 mil militares, disse uma fonte governamental.

Segundo a agência francesa AFP, Berlim tinha anunciado, na sequência dos atentados terroristas de Paris do dia 13 de novembro, que deslocaria uma fragata (navio de guerra) e aviões de reconhecimento e de reabastecimento para apoiar as forças da coligação internacional que bombardeiam alvos dos jihadistas na Síria.

A decisão é para todo o ano de 2016 e terá ainda de ser aprovada pelo Parlamento alemão.

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247