Alemanha dá prazo de um mês ao Reino Unido para solucionar Brexit

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, deu nesta quinta-feira (22) o prazo de um mês para o Reino Unido encontrar uma solução alternativa ao questionado backstop da fronteira irlandesa, possibilidade com a qual o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, brincou dizendo poder ser um acordo de "reta final"

(Foto: Reuters)

Reuters - Mais de três anos após o Reino Unido votar pela saída da União Europeia (UE), ainda não está claro em que termos - ou de fato se - a segunda maior economia do bloco deixará o clube ao qual se uniu em 1973.

Johnson, defensor do Brexit e que se tornou premiê um mês atrás, está apostando que a ameaça do caos de uma desfiliação sem acordo convencerá Merkel e o presidente francês, Emmanuel Macron, de que a UE deveria fechar um acordo de última hora que atenda suas exigências.

Falando ao lado de Merkel na chancelaria alemã, Johnson repetiu várias vezes que o backstop da fronteira irlandesa - um protocolo do Acordo de Retirada firmado por sua antecessora, Theresa May - precisa ser totalmente descartado.

"Foi dito que provavelmente encontraremos uma solução em dois anos. Mas também poderíamos encontrar uma nos próximos 30 dias, por que não?", indagou Merkel.

Johnson confirmou que ela lhe deu 30 dias para apresentar alternativas e que existe uma margem ampla para um acordo. Uma fonte do governo britânico enfatizou o tom dos comentários de Merkel.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247