Alemanha e EUA 'encontraram solução construtiva' para Nord Stream 2, anuncia Maas

Comunicado conjunto pelos dois países envia uma mensagem de que as duas nações vão se opor ao uso da Rússia da energia como uma arma geopolítica, segundo um oficial sênior do Departamento de Estado dos EUA

Heiko Maas
Heiko Maas (Foto: Reuters/Hannibal Hanschke/Pool)
Siga o Brasil 247 no Google News

Sputnik - A Alemanha e os EUA encontraram uma solução construtiva para a questão do Nord Stream 2 (Corrente do Norte 2), informou o ministro das Relações Exteriores alemão, Heiko Maas.

O comunicado conjunto pelos dois países envia uma mensagem clara de que as duas nações ocidentais vão se opor ao uso da Rússia da energia como uma arma geopolítica, segundo um oficial sênior do Departamento de Estado dos EUA esta quarta-feira (21).

"Nosso comunicado conjunto envia uma mensagem clara de que os EUA e a Alemanha não vão tolerar que a Rússia use a energia como arma geopolítica na Europa, enquanto aumenta sua agressão contra a Ucrânia", declarou o oficial.

PUBLICIDADE

Por sua vez, os oficiais russos vêm reafirmando que o projeto do gasoduto Nord Stream 2 é de natureza puramente comercial, e não política. Na terça-feira (20), o embaixador russo nos EUA, Anatoly Antonov, comentou sobre a situação do gasoduto em causa, afirmando que Washington está utilizando a Ucrânia como ferramenta para tentar mudar as políticas de Moscou.

Na verdade, também hoje (21) o Kremlin informou que o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, teriam expressado sua satisfação com o fato do projeto Nord Stream 2 estar quase completo, no decorrer de chamadas telefónicas.

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email