Aloysio Nunes diz que Brasil tem lado na questão venezuelana

O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, afirmou que o Brasil não poderia ser mediador no diálogo entre governo e oposição venezuelanos, que vem sendo negociado sob liderança da República Dominicana, por "ter um lado muito definido" na questão

Aloysio Nunes
Aloysio Nunes (Foto: Giuliana Miranda)

247 - O chanceler brasileiro, Aloysio Nunes, disse, nesta quinta (21) que o Brasil não poderia ser mediador no diálogo entre governo e oposição venezuelanos, que vem sendo negociado sob liderança da República Dominicana, por "ter um lado muito definido".

"O Brasil não pode ser mediador, nós temos um lado muito definido", disse Aloysio aos jornalistas em Nova York, onde se encontrou com os outros ministros dos países do chamado Grupo de Lima na última quarta.

Na última semana, o presidente dominicano, Danilo Medina, anunciou que quatro países —Bolívia e Nicarágua, mais próximos ao governo de Nicolás Maduro, e México e Chile, mais próximos à oposição— integrarão uma comissão para dar seguimento às conversas, que devem ser retomadas no dia 27 de setembro.

O Brasil tem preferido limitar sua atuação ao Mercosul e ao grupo de Lima, formado por 12 países, que, em agosto, concordaram em não aceitar decisões tomadas pela Assembleia Constituinte convocada por Maduro.

As informações são de reportagem de Isabel Fleck na Folha de S.Paulo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247