Altman: Bolsonaro é a humilhação do Brasil

O jornalista Breno Altman apontou que “jamais o Brasil passou por tanta humilhação internacional como no governo Bolsonaro”. “O Brasil que chegou a conquistar grande respeitabilidade durante os governos Lula e Dilma hoje é uma piada internacional”, lamentou ele. Assista

Breno Altman
Breno Altman (Foto: Felipe Gonçalves/Brasil 247 | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Breno Altman, em análise concedida à TV 247 nesta segunda-feira (6), avaliou que “jamais o Brasil passou por tanta humilhação internacional como no governo Bolsonaro”. “O Brasil que chegou a conquistar grande respeitabilidade durante os governos Lula e Dilma hoje é uma piada internacional”, lamentou ele. 

“O Brasil passa vergonha em todos os capítulos mais recentes da história mundial. É referência na tragédia, como na pandemia, ou na comédia, com a foto do embaixador dos EUA no Brasil”. 

O jornalista refere-se ao embaixador Todd Chapman, que concedeu entrevista à Globo News fantasiado de cowboy. 

embaixador-americano-fantastico


Ele também considerou que reerguer a imagem do Brasil internacionalmente será algo como “o décimo terceiro trabalho de Hércules”. “Não será nada fácil, a imagem do Brasil está arruinada”, completou. 

“O Brasil em plena pandemia está há 45 dias em ministro da Saúde, o país não consegue ter ministro da Educação, tem um mentecapto como ministro das Relações Exteriores, somos uma piada internacional”, expôs o jornalista. 

Altman avaliou que, na visão do governo,” eles pensam que estão brilhando” e que "raciocinam como Olavo de Carvalho, aquele desqualificado, que é o maestro desse núcleo mais reacionário do governo". Em sua opinião, Olavo fez “o seu ridículo instrumento de mobilização dessa elite”. 

“Eles acham o máximo esse filósofo de bordel disparar cinco palavrões a cada 10 frases que fala”, concluiu Altman. 

Inscreva-se na TV 247 e confira: 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email