Analistas chineses dizem que visita de Xi Jinping à Rússia visa garantir estabilidade global

A visita do presidente Xi Jinping à Rússia reflete o grau de cooperação entre a China e a Rússia, a qual é importante para manter a estabilidade da comunidade internacional em meio ao aumento de incertezas, segundo os analistas chineses

Analistas chineses dizem que visita de Xi Jinping à Rússia visa garantir estabilidade global
Analistas chineses dizem que visita de Xi Jinping à Rússia visa garantir estabilidade global
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A visita do presidente Xi Jinping à Rússia reflete o grau de cooperação entre a China e a Rússia, a qual é importante para manter a estabilidade da comunidade internacional em meio ao aumento de incertezas, segundo os analistas chineses.

"Xi irá realizar uma visita à Rússia entre 5 e 7 de junho, e participar no 23º Fórum Internacional Econômico de São Petersburgo, afirmou Lu Kang, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, na quarta-feira" (30).

"A visita irá servir para demonstrar a solidez dos laços bilaterais, os quais estão se desenvolvendo a um ritmo 'muito bom' tanto politicamente como economicamente, segundo Ruan Zongze, vice-presidente do Instituto de Estudos Internacionais da China".

Wu Hongwei, um investigador das relações sino-russas da Academia Chinesa de Ciências Sociais, disse que a cooperação bilateral desempenha um papel proeminente na garantia da paz mundial e da segurança, em uma altura em que a situação global está obscurecida por tensões e agitação, informa o Diário do Povo

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247