Ante avanços do Talibã, EUA e Reino Unido enviam tropas ao Afeganistão para evacuar seus cidadãos

Na tarde desta quinta-feira (12), o movimento Talibã estabeleceu controle sobre Kandahar, a segunda maior cidade do Afeganistão, avançando para o controle total do país

www.brasil247.com - Combatentes do grupo Talibã
Combatentes do grupo Talibã
Siga o Brasil 247 no Google News

Sputnik - Na tarde desta quinta-feira (12), o movimento Talibã estabeleceu controle sobre Kandahar, a segunda maior cidade do Afeganistão, avançando para o controle total do país, conforme autoridades locais.

O porta-voz dos talibãs, Zabihullah Mujahid, confirmou a "conquista" da cidade no Twitter. Já nesta sexta-feira (13), as mídias relataram que os talibãs assumiram o controle sobre a cidade de Lashkar Gah, capital da província de Helmand, no sul do Afeganistão. 

Ante os avanços dos talibãs e a captura de importantes cidades regionais, deixando Cabul cada vez mais isolada e exposta, as autoridades da região conseguiram um acordo com os islamistas sobre o cessar-fogo de 48 horas a fim de evacuar os restantes militares da cidade de Kandahar, segundo a AFP. 

PUBLICIDADE

Na quinta-feira (12), os EUA e o Reino Unido ordenaram o envio de milhares de soldados de volta ao Afeganistão para evacuar seus nacionais. Além disso, Washington e Londres anunciaram planos para retirar rapidamente sua equipe da embaixada e outros cidadãos da capital afegã. "Estamos reduzindo ainda mais nossa presença civil em Cabul em meio à evolução da situação de segurança", disse o porta-voz do Departamento do Estado americano, Ned Price, adicionando que a embaixada fica aberta. 

O Pentágono anunciou que 3.000 tropas americanas vão ser enviadas a Cabul nas próximas 24 a 48 horas, sublinhando que elas não serão usadas para lançar ataques contra o Talibã. O ministro da Defesa britânico Ben Wallace informou que Londres envia 600 soldados para evacuação de seus nacionais. A ofensiva do Talibã foi lançada no início de maio depois de os Estados Unidos e seus aliados terem retirado a maioria de suas tropas do solo afegão.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email