Após ataque com 103 mortos, Cabul sofre novo atentado

Militantes invadiram uma academia militar em Cabul matando 11 soldados e ferindo outros 15, no quarto grande ataque em uma onda de violência que tem abalado o Afeganistão nos últimos nove dias; gruo extremista Estado Islâmico reivindicou responsabilidade pelo ataque; no final de semana um atentado com uma ambulância-bomba deixou 103 mortos na capital do Afeganistão

Soldado das forças de segurança afegã, Afeganistão
Soldado das forças de segurança afegã, Afeganistão (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - Militantes invadiram uma academia militar em Cabul nesta segunda-feira matando 11 soldados, no quarto grande ataque em uma onda de violência que tem abalado o Afeganistão nos últimos nove dias.

De acordo com o Ministério da Defesa, cinco homens armados atacaram o posto avançado do Exército perto de uma das principais academias militares do país, deixando 11 soldados mortos e 15 feridos, antes de os agressores serem controlados.

O Estado Islâmico reivindicou responsabilidade pelo ataque perto da academia militar Marshal Fahim, no qual quatro homens armados foram mortos e um foi detido.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247