Após Coca-Cola e Unilever, Pepsi e Starbucks também suspendem anúncios no Facebook

A ideia é obrigar a plataforma de Mark Zuckerberg a adotar uma política de combate ao discurso de ódio

(Foto: REUTERS/Erin Scott)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - As companhias Pepsi e Starbucks anunciaram que vão suspender seus anúncios no Facebook, integrando a lista de empresas que participam de campanha contra a publicidade na rede social. A ideia é obrigar a plataforma de Mark Zuckerberg a adotar uma política de combate ao discurso de ódio. A informação é do jornal O Globo.

As duas multinacionais se uniram à Coca-Cola e Unilever, no movimento iniciado pelos organizadores da campanha de slogan "Stop Hate for Profit" (Pare o ódio pelo lucro) nos Estados Unidos.

Analistas já preveem impacto financeiro para a plataforma. Na última sexta-feira, após a divulgação da suspensão dos anúncios da Unilever nas redes sociais da companhia, os papeis do Facebook tombaram 8,3%, derrubando seu valor de mercado em US$ 56 bilhões, acrescenta a reportagem. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247