Após ser criticado, Bolsonaro desiste de indicação de empresário para embaixada em Israel

Jair Bolsonaro desistiu da indicação do diretor de marketing de uma empresa israelense para ocupar o cargo de embaixador em Tel Aviv. O motivo seria o conflito de interesses, o que gerou duras críticas à escolha

(Foto: Alan Santos/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) desistiu da indicação do diretor de marketing de uma empresa israelense para ocupar o cargo de embaixador em Tel Aviv. A informação é do jornal Folha de S.Paulo. 

O motivo foram duras críticas à escolha, que partiram do corpo diplomático brasileiro e também de aliados do presidente, que sentiram o cheiro de problema quando a indicação foi revelada pelo jornal Folha de S.Paulo, há duas semanas.

O cerne das objeções era a possibilidade de conflito de interesses. Como diretor da IAI (Israel Aerospace Industries), o coronel da reserva Paulo Jorge de Nápolis representa uma das mais importantes empresas de defesa de Israel, que tem negócios na área de drones e vigilância no Brasil.

Isso levantaria, na visão crítica, questionamentos sobre sua atuação em defesa de interesses brasileiros naquele país, acrescenta a reportagem. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247