Após suspensão de contas de Trump e aliados, fake news despencam mais de 70%, diz pesquisa

Pesquisa da empresa de análise Zignal Labs apontou que a desinformação online sobre fraudes eleitorais caiu 73%, após algumas redes sociais suspenderem as contas de Donald Trump

Donald Trump
Donald Trump (Foto: Reuters | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Pesquisa da empresa de análise Zignal Labs apontou que a desinformação online sobre fraudes eleitorais caiu 73%, nove dias após o Twitter, Facebook, Snapchat, Twitch entre outras plataformas suspenderem as contas do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e de seus aliados. A informação foi publicada pelo jornal Washington Post.

De acordo com o levantamento, as conversas sobre fraudes eleitorais caíram de 2,5 milhões de menções para 688.000 menções em vários sites de mídia social na semana após Trump ter sido banido do Twitter.

Hashtags e termos associados ao motim do Capitólio, ocorrido em 6 de janeiro – incluindo #FightforTrump, #HoldTheLine e "March for Trump" – caíram 95% ou mais.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email