Argentina fecha acordo para pagar dívida com Clube de Paris

Acordo deve garantir financiamento internacional para o país e permitirá que a Argentina de Cristina Kirchner liquide cinco anos de dívidas em atraso que chegavam a US$ 9,7 bilhões no final de abril

Argentina's President Cristina Fernandez de Kirchner addresses the 68th United Nations General Assembly at U.N. headquarters in New York, September 24, 2013. REUTERS/Eduardo Munoz (UNITED STATES - Tags: POLITICS)
Argentina's President Cristina Fernandez de Kirchner addresses the 68th United Nations General Assembly at U.N. headquarters in New York, September 24, 2013. REUTERS/Eduardo Munoz (UNITED STATES - Tags: POLITICS) (Foto: Gisele Federicce)

PARIS (Reuters) - A Argentina fechou um acordo nesta quinta-feira com credores sobre o pagamento de dívidas vencidas, o que deve garantir financiamento internacional para o país.

O Clube de Paris de credores afirmou que o acordo permitirá que a Argentina liquide cinco anos de dívidas em atraso que chegavam a 9,7 bilhões de dólares no final de abril.

As negociações sobre o acordo, cujos termos um analista disse parecer favorável a Buenos Aires, arrastaram-se até as primeiras horas do dia.

A disputa tratou do legado do default de 2001/2002 da Argentina sobre cerca de 100 bilhões de dólares, que a deixou sem capital externo.

"Credores do Clube de Paris receberam bem o avanço feito pela República Argentina na direção da normalização de suas relações com os credores, a comunidade financeira internacional e as instituições", disse o grupo em comunicado.

(Reportagem de Leigh Thomas)

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247