Artigo publicado na China expõe hipocrisia e racismo dos EUA

Um artigo escrito pela Sociedade Chinesa para Estudos de Direitos Humanos (CSHRS, na sigla em inglês) expôs a hipocrisia dos Estados Unidos sobre os direitos humanos evidenciada através da discriminação racial no país

(Foto: Sputnik)

Xinhua - "Mesmo se considerando um defensor dos direitos humanos, os EUA não têm nem vontade nem habilidade para resolver o grave problema da discriminação racial dentro do seu próprio território. Isso revela o defeito institucional e estrutural dos EUA", diz o artigo publicado nesta sexta-feira (26).

A discriminação racial nos EUA é revelada em todos os aspectos da vida das pessoas, especialmente na aplicação da lei, sistema judiciário, economia e sociedade, de acordo com o artigo intitulado "A Discriminação racial bem enraizada nos EUA destaca sua hipocrisia sobre os Direitos Humanos".

Notando que a discriminação racial tem se deteriorado para relações raciais piores, crescentes crimes de ódio e colapso social, o artigo indica que a discriminação racial é um obstáculo estrutural para a realização dos direitos e status iguais das minorias raciais.

Com causas profundas e sérias, a discriminação racial tem se tornado um grave problema social para os EUA, e está agora num ponto crítico de conflito social, diz o artigo.

O status das relações raciais nos EUA é determinado pela estrutura política, tradições históricas e ideologia do país, conforme o artigo, acrescentando que sem a reforma desses aspectos, é impossível romper o impasse na discriminação racial e acabar com o círculo vicioso resultante nas relações raciais, sem a qual a proteção adequada dos direitos humanos das minorias raciais não pode acontecer.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247