Assange é preso e deverá ser entregue aos EUA

O ativista Julian Assange, fundador do WikiLeaks, foi preso no Reino Unido depois que o Equador suspendeu seu asilo diplomático, segundo comunicado do presidente equatoriano Lenín Moreno, divulgado nesta quinta-feira (11). Assange deverá ser entregue aos Estados Unidos

Assange é preso e deverá ser entregue aos EUA
Assange é preso e deverá ser entregue aos EUA (Foto: REUTERS/Henry Nicholls)

Sputnik - O ativista Julian Assange, fundador do WikiLeaks, foi preso no Reino Unido depois que o Equador suspendeu seu asilo diplomático do, segundo comunicado do presidente equatoriano Lenín Moreno, divulgado nesta quinta-feira (11). Assange deverá ser entregue aos Estados Unidos.

Na terça-feira passada (2), Moreno disse que Assange violou "várias vezes" o acordo de convivência para garantir permanência dele na embaixada equatoriana.

"Hoje [11], anuncio que a conduta desrespeitosa e agressiva do senhor Julian Assange, as declarações descorteses e ameaçadoras de sua organização aliada contra o Equador, e, sobretudo, a transgressão dos tratados internacionais têm levado a situação a um ponto em que o asilo do senhor Assange é insustentável e inviável", declarou o presidente equatoriano, Lenín Moreno.

"O Equador, soberanamente, dá por finalizado o asilo diplomático outorgado ao senhor Assange em 2012", afirmou.

Entenda o caso 

Em novembro de 2011, o fundador do WikiLeaks foi acusado de estupro e abuso sexual na Suécia e a Interpol o colocou em sua lista de procurados. No dia 7 de dezembro, em Londres, Assange apresentou-se à Polícia Metropolitana e negou a veracidade das acusações contra ele, sendo liberado nove dias depois. Em maio de 2012, a corte suprema do Reino Unido anunciou sua decisão a favor da extradição de Julian Assange para a Suécia.

Assange perdeu a cidadania sueca e temia que, tão logo chegasse ao país, pudesse ser extraditado para os Estados Unidos e processado por espionagem e fraude. A Suécia tem um amplo acordo de extradição com os EUA. O ativista já havia admitido a possibilidade de vir a ser assassinado numa prisão norte-americana, na hipótese de ser extraditado para os Estados Unidos.

Em 2012, o Equador, então governado por Rafael Correa deu asilo político a Assange na embaixada em Londres, onde permaneceu atá agora.

Se for extraditado para os EUA, Assange enfrentará pelo menos a prisão perpétua, avaliam especialistas.

Confira abaixo o momento da prisão:


 

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247