Assembleia Constituinte da Venezuela destitui procuradora-geral do cargo

Os 545 membros da assembleia, com poderes especiais sobre outras instituições do Estado, aprovaram por unanimidade a remoção de Ortega de seu cargo, num movimento que críticos dizem ser uma afronta à democracia

Os 545 membros da assembleia, com poderes especiais sobre outras instituições do Estado, aprovaram por unanimidade a remoção de Ortega de seu cargo, num movimento que críticos dizem ser uma afronta à democracia
Os 545 membros da assembleia, com poderes especiais sobre outras instituições do Estado, aprovaram por unanimidade a remoção de Ortega de seu cargo, num movimento que críticos dizem ser uma afronta à democracia (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

(Reuters) - O tribunal superior da Venezuela determinou processar a procuradora-geral, Luisa Ortega Díaz, informou o presidente do Poder Judiciário em uma carta à Assembleia Nacional Constituinte, que iniciou sua primeira sessão neste sábado.

Os 545 membros da assembleia, com poderes especiais sobre outras instituições do Estado, aprovaram por unanimidade a remoção de Ortega de seu cargo, num movimento que críticos dizem ser uma afronta à democracia.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247