Atenas cruza os braços por 24 horas

Transporte pblico para em resposta ao novo plano de austeridade do Governo. Cerca de 30 mil funcionrios pblicos vo para a reserva e aposentadorias acima de 1,2 mil euros tero corte

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 com agências internacionais – Enquanto a Europa, os Estados Unidos e os países emergentes tentam encontrar uma saída para tirar a Grécia do buraco, os gregos não parecem dispostos a ajudar. A capital Atenas ficou sem transporte público e com parte dos voos cancelados desde a madrugada desta quinta-feira devido a uma greve.

A medida é uma reposta ao plano de economia requerido para que o país siga recebendo ajuda externa e evite a quebra. Na noite de ontem, o Governo anunciou a aposentadoria forçada de 30 mil funcionários públicos e o corte 20% das aposentadorias acima de 1.200 euros. No setor de transportes, diversas empresas terão de se unir, causando demissão ou aposentadoria antecipada de muitos trabalhadores. As informações são da agência Efe.

Todos os taxistas do país participam da greve.A partir das 13h, os docentes e estudantes que rejeitam as mudanças previstas no sistema educacional vão se unir à paralização.

Os principais sindicatos gregos convocaram outras duas greves gerais de 24 horas, para 5 e 19 de outubro, pelos novos cortes impostos pela da União Europeia (UE) e pelo Fundo Monetário Internacional (FMI).

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247