Ativistas nos EUA oferecerão maconha de graça a quem se vacinar contra a covid-19

Quem se vacinar contra a covid-19 em Washington, a capital americana, poderá receber uma recompensa inusitada: um saquinho de maconha

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um grupo de ativistas anunciou neste mês que pretende distribuir pequenas quantidades da droga a adultos em locais de vacinação na cidade assim que a imunização estiver disponível para uma parcela maior da população. Por enquanto, as doses da vacina ainda estão restritas a grupos prioritários. A reportagem é do portal BBC  Brasil. 

A campanha, apelidada de "Joints for Jabs" (Baseados por Vacinas), é uma iniciativa do grupo DC Marijuana Justice (DCMJ), que luta pela ampliação da legalização da maconha, informa a reportagem. 

Segundo o DCMJ, o objetivo é celebrar a "ocasião histórica" representada pela imunização que pode dar fim à pandemia, agradecer às pessoas por se vacinarem e encorajar mais gente a receber a sua dose, além de chamar a atenção para os esforços do grupo.

A maconha foi legalizada para uso recreativo e medicinal no Alasca, Califórnia, Colorado, Illinois, Maine, Massachusetts, Michigan, Nevada, Oregon, Vermont e Washington, bem como no Distrito de Colúmbia, nas Ilhas Mariana do Norte e em Guam. Continua proibida em Idaho, Nebraska e Dakota do Sul.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email