Aviões de combate russos começam a deixar a Síria

Primeiro grupo de aviões militares da Rússia deixou a base aérea de Hmeymim, na Síria, dando início ao movimento gradual de retirada da Força Aérea russa das áreas de conflito sírias; grupo inclui bombardeiros Sukhoi-34, retorno será feito por um avião de passageiros Tupolev-154 ou por uma aeronave de transporte Ilyushin-76 transportando engenheiros e técnicos, além de carga

Caça russo Sukhoi 34 (SU-34)
Caça russo Sukhoi 34 (SU-34) (Foto: Paulo Emílio)

Reuters) - O primeiro grupo de aviões militares da Rússia deixou a base aérea de Hmeymim, na Síria, e começou a longa viagem de volta para casa, informou o Ministério da Defesa russo nesta terça-feira.

O grupo inclui bombardeiros Sukhoi-34. O ministério disse que cada grupo será liderado na volta para casa por um avião de passageiros Tupolev-154 ou por uma aeronave de transporte Ilyushin-76 transportando engenheiros e técnicos, além de carga.

A TV estatal russa mostrou os aviões decolando da base aérea russa na Síria, como parte da retirada de tropas russas da Síria determinada pelo presidente Vladimir Putin.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247