Aviões de combate russos começam a deixar a Síria

Primeiro grupo de aviões militares da Rússia deixou a base aérea de Hmeymim, na Síria, dando início ao movimento gradual de retirada da Força Aérea russa das áreas de conflito sírias; grupo inclui bombardeiros Sukhoi-34, retorno será feito por um avião de passageiros Tupolev-154 ou por uma aeronave de transporte Ilyushin-76 transportando engenheiros e técnicos, além de carga

Caça russo Sukhoi 34 (SU-34)
Caça russo Sukhoi 34 (SU-34) (Foto: Paulo Emílio)

Reuters) - O primeiro grupo de aviões militares da Rússia deixou a base aérea de Hmeymim, na Síria, e começou a longa viagem de volta para casa, informou o Ministério da Defesa russo nesta terça-feira.

O grupo inclui bombardeiros Sukhoi-34. O ministério disse que cada grupo será liderado na volta para casa por um avião de passageiros Tupolev-154 ou por uma aeronave de transporte Ilyushin-76 transportando engenheiros e técnicos, além de carga.

A TV estatal russa mostrou os aviões decolando da base aérea russa na Síria, como parte da retirada de tropas russas da Síria determinada pelo presidente Vladimir Putin.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247