Biden lidera sobre Trump nos EUA entre eleitores idosos

Candidato à Presidência dos Estados Unidos pelo Partido Democrata, Joe Biden tomou a dianteira e está em vantagem sobre Donald Trump entre os eleitores idosos do país norte-americano. Na última pesquisa realizada pela rede NBC e "Wall Street Journal", a diferença entre os dois é 27 pontos considerando apenas os eleitores com mais de 65 anos

Joe Biden e Donald Trump
Joe Biden e Donald Trump (Foto: REUTERS/Tom Brenner | REUTERS/Leah Millis)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O candidato à Presidência dos Estados Unidos pelo Partido Democrata, Joe Biden, tomou a dianteira e está em vantagem sobre Donald Trump entre os eleitores idosos do país norte-americano, aponta Sandra Cohen no portal G1. “As razões parecem óbvias. Entre a eleição de 2016, quando esta parcela do eleitorado favoreceu o republicano e o elegeu para comandar EUA, e a que se realiza no próximo mês, uma pandemia se alastrou pelo país. O presidente não soube domá-la. Ao contrário, tripudiou de sua gravidade, desprezando máscaras-distanciamento-cientistas e acabou traído por ela”, escreve a jornalista. 

A Covid-19, ainda de acordo com a reportagem, castiga desproporcionalmente os que têm mais de 65 anos, que representam 80% dos 215 mil mortos nos EUA. 

As pesquisas de opinião pública mais recentes apontam que os idosos estão reagindo, insatisfeitos com a resposta de Trump à pandemia. Na última sondagem realizada pela rede NBC e "Wall Street Journal", a diferença entre os dois é de 14 pontos, onde Biden lidera por 27 pontos entre os eleitores com mais de 65 anos.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247