Biden prevê pacote de US$ 1,9 trilhão contra a pandemia e seus efeitos econômicos

Parlamentares estão elaborando leis para consolidar a política do governo. Dentre as propostas estão a complementação dos diversos auxílios do governo norte-americano e o aumento dos gastos em distribuição de vacinas, testes e rastreamento de contatos

Presidente eleito dos EUA, Joe Biden
Presidente eleito dos EUA, Joe Biden (Foto: REUTERS/Mike Segar)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, iria apresentar nesta quinta-feira, 14, um pacote de gastos de US$ 1,9 trilhão (R$ 9,9 trilhões) para combater a pandemia e seus efeitos na economia, segundo o jornal The New York Times.

Segundo a reportagem, que conversou com fontes ligadas ao plano de Biden, o foco inicial seria na expansão do programa de vacinação do país e na capacidade de testagem para mapear o vírus.

Segundo o futuro diretor do Conselho Econômico Nacional, Brian Deese, na conferência Reuters Next na quarta-feira, 13, os esforços do governo vão cobrir a pandemia, a economia, atenção à saúde, educação, mudança climática e outras prioridades do país.

Parlamentares estão elaborando leis para consolidar a política do governo. Dentre as propostas estão a complementação dos diversos auxílios do governo norte-americano e o aumento dos gastos em distribuição de vacinas, testes e rastreamento de contatos. Biden ainda tentará obter recursos para abrir a maioria das escolas.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email