Biden quer boas relações com Brasil na questão do clima, diz embaixador dos EUA

Todd Chapman disse que o presidente dos EUA, Joe Biden, quer construir boas relações com o governo Bolsonaro na questão climática

(Foto: ABr | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - O embaixador dos EUA no Brasil, Todd Chapman, disse nesta sexta-feira (5) que a administração Biden quer construir boas relações com o governo Bolsonaro na questão climática. 

A declaração de Chapman foi feita após encontro em Brasília com o vice-presidente Hamilton Mourão, segundo o jornal O Globo. 

"Falamos sobre muitos temas, mas claro, muitos temas relacionados ao meio ambiente. Realmente a administração do meu novo presidente, Biden, está enfatizando muito a importância da mudança climática. Nós queremos ser bons parceiros do Brasil nisso, como já estamos trabalhando muito. Foi excelente a conversa e vamos continuar falando", afirmou o embaixador.

O novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, tem como promessa de campanha pressionar pela queda do desmatamento na Amazônia. Ele disse que poderia criar um fundo de US$ 20 bilhões (cerca de R$ 109,2 bilhões) para combater o desflorestamento na região. 

No final de janeiro, coalizão bipartidária de ex-secretários de governos anteriores e autoridades da área climática defendeu, em carta enviada a Biden e à vice-presidente Kamala Harris, que as medidas prometidas durante a campanha sejam levadas adiante. 

O presidente Jair Bolsonaro, por sua vez, diz que a pressão de outros países em relação à Amazônia tem como objetivo enfraquecer a soberania nacional. 

Nomeação de John Kerry

O diplomata estadunidense disse ainda que a designação de John Kerry, ex-secretário de Estado dos EUA, como representante presidencial para mudanças climáticas, reflete a intenção de Washington de trabalhar com o Brasil em relação ao tema. 

"Vamos aumentar nosso interesse de trabalhar com o Brasil na área de mudança climática. Temos um novo representante presidencial, o secretário John Kerry. Temos muita atenção a esse tema e queremos trabalhar em conjunto com o Brasil sobre isso", afirmou. 

Mourão, por sua vez, disse que o objetivo da reunião era expressar a vontade do governo brasileiro em colaborar e mostrar como tem atuado.

"Queremos mostrar o que estamos fazendo, abrindo este diálogo, via embaixada, e deixar claro que as informações todas que forem necessárias nós temos condições de mostrar, para ouvir a realidade que está acontecendo lá. Foi um diálogo muito bom", afirmou o vice-presidente.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email