Bolsonaro chama reunião de emergência para apoiar golpe na Venezuela

Presidente Jair Bolsonaro fará uma reunião sobre a situação na Venezuela, onde o autoproclamado presidente, Juan Guaidó, disse ter obtido apoio de militares para depor o presidente Nicolás Maduro, enquanto confrontos aconteciam perto de uma base aérea onde Guaidó estava; de acordo com o vice-presidente, Hamilton Mourão, participarão da reunião representantes do Gabinete de Segurança Institucional, Ministério da Defesa e do Ministério das Relações Exteriores

Bolsonaro chama reunião de emergência para apoiar golpe na Venezuela
Bolsonaro chama reunião de emergência para apoiar golpe na Venezuela

Reuters - O presidente Jair Bolsonaro fará uma reunião sobre a situação na Venezuela, onde o líder da oposição, Juan Guaidó, disse ter obtido apoio de militares para depor o presidente Nicolás Maduro, enquanto confrontos aconteciam perto de uma base aérea onde Guaidó estava.

De acordo com o vice-presidente, Hamilton Mourão, participarão da reunião com Bolsonaro o Gabinete de Segurança Institucional, o Ministério da Defesa, o Ministério das Relações Exteriores, além do vice-presidente.

Por Eduardo Simões

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247