Bolsonaro se reúne com embaixador de Israel pela segunda vez

Pela segunda vez desde que foi eleito presidente da República, Jair Bolsonaro se reuniu com o embaixador de Israel, Yossi Shelley; o encontro ocorreu na manhã de desta quarta-feira (28), na residência oficial da Granja do Torto; a proposta da mudança da embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém tem gerado bastante polêmica e rejeição por parte do mundo árabe; no entanto, Bolsonaro não descarta a proposta e segue fortalecendo laços com a política externa de Israel e EUA 

Bolsonaro se reúne com embaixador de Israel pela segunda vez
Bolsonaro se reúne com embaixador de Israel pela segunda vez (Foto: Assessoria de Comunicação Bolsonaro)

247 - Pela segunda vez desde que foi eleito presidente da República, Jair Bolsonaro se reuniu com o embaixador de Israel, Yossi Shelley. O encontro ocorreu na manhã de desta quarta-feira (28), na residência oficial da Granja do Torto, em Brasília, onde o capitão da reserva passou a noite, segundo informa a Agência Brasil

Assessores não divulgaram o teor da conversa, mas a visita do diplomata ocorre poucas horas depois de o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente eleito, ter dito que a embaixada brasileira no país será transferida de Tel Aviv para Jerusalém.

O próprio Jair Bolsonaro havia sinalizado essa intenção, mas adotou um tom mais moderado nas últimas semanas. Eduardo, que está nos Estados Unidos, retomou o assunto depois de participar de um almoço na Câmara de Comércio de Washington.

Relembre

A declaração de que Bolsonaro irá mudar a embaixada do Brasil de Tel Aviv para Jerusalém gerou forte constrangimento no mundo árabe. A primeira autoridade palestina a se manifestar foi Hanan Ashrawi. Líder do Comitê Executivo da Organização para a Liberação da Palestina (OLP), ela classificou a proposta de mudança da embaixada brasileira em Israel como uma "medida provocadora". 

Logo após os palestinos rechaçarem a proposta, outro fator estremeceu a diplomacia internacional: O Egito se negou a receber chanceler do Brasil, Aloysio Nunes, por declaração de Bolsonaro de alteração na embaixada. 

Após conturbar as relações no mundo árabe, Bolsonro recuou e não deu certeza sobre a proposta de alteração da embaixada. No entanto, segue fortalecendo laços diplomáticos com EUA e Israel. 

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247