Boris Johnson diz que Reino Unido deixará a UE de qualquer maneira até 31 de outubro

Boris Johnson tomou posse como primeiro-ministro do Reino Unido nesta quarta-feira (24), comprometendo-se a implementar o resultado do referendo de 2016 sobre o Brexit e a liderar o Reino Unido na saída da União Europeia em 31 de outubro

Reuters - Boris Johnson tomou posse como primeiro-ministro do Reino Unido nesta quarta-feira (24), comprometendo-se a implementar o resultado do referendo de 2016 sobre o Brexit e a liderar o Reino Unido na saída da União Europeia em 31 de outubro.   

Johnson chega a Downing Street em uma das conjunturas mais tumultuadas da história britânica pós-Segunda Guerra Mundial, já que seu país está dividido quanto à saída da UE e enfraquecido pela crise política de três anos que o domina desde o referendo.  

Um dos principais defensores do Brexit, Johnson prometeu tirar o Reino Unido do bloco até 31 de outubro na base do tudo ou nada e injetar otimismo e força renovadas na ruptura que, argumenta, trará uma série de oportunidades.  

Mas sua estratégia para o Brexit coloca o Reino Unido em confronto com a UE e desencadeará uma possível crise constitucional, ou uma eleição no país.   

“Finalizaremos o Brexit em 31 de outubro e aproveitaremos todas as oportunidades que ele nos trará com um novo espírito de possibilidades”, disse Johnson, depois de ser eleito por membros do Partido Conservador.  

O Reino Unido sairá da União Europeia em 31 de outubro de qualquer maneira, afirmou o novo primeiro-ministro britânico.  

Falando em Downing Street, Johnson disse que vai fazer “um novo acordo, um acordo melhor” com a União Europeia. “Vamos cumprir as promessas repetidas do Parlamento para o povo e sair da UE em 31 de outubro".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247