Brasil é denunciado na ONU por destruição de política ambiental

Às vésperas da reunião do Clima da ONU, deputados brasileiros denunciam o governo Bolsonaro por desmantelamento do sistema de proteção ambiengtal do Brasil e pedem que o organismo multilateral envie ao país uma missão de relatores para avaliar a situação

247 - Os deputados Fernanda Melchionna e Marcelo Freixo, do PSOL, entre outros, enviaram à alta comissária da ONU para Direitos Humanos, Michelle Bachelet, uma denúncia sobre a destruiçãoo pelo governo de Jair Bolsonaro da política ambiental brasileira.  

Bachelet será uma das participantes da reunião do Clima, em Madri, e a denúncia pode aumentar a pressão internacional sobre o Brasil, informa o jornalista Jamil Chade, que acompanha na Europa as atividades das Nações Unidas.

"O governo de Jair Bolsonaro vem promovendo um alarmante desmantelamento do sistema de proteção ambiental no Brasil, agindo com extrema negligência diante de tragédias ambientais como os incêndios na Floresta Amazônica e o enorme derramamento de petróleo que vem contaminando a costa brasileira desde agosto deste ano", disseram os deputados na denúncia. 

"Nos últimos doze meses, o desmatamento na Amazônia brasileira cresceu 29,5% - um total de 9.762 quilômetros quadrados de floresta foram destruídos este ano; e o derramamento de petróleo já atingiu mais de 500 locais nas costas nordeste e sudeste do Brasil, contaminando 68% do total de municípios nordestinos", escreveram os deputados.

Os parlamentares pediram que a ONU envie ao Brasil uma missão de emergência de relatores do organismo multilateral ao para verificar a situação e propor medidas. 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247