Brasil pode enviar emissário à Venezuela pelo respeito às eleições

Caso a carta enviada pelo governo brasileiro pedindo respeito ao resultado das eleições não surta efeito junto ao presidente Nicolás Maduro, Dilma Rousseff pretende enviar um emissário ao país para uma conversa “franca e definitiva, mas discreta”; Mauro Vieira, ministro das Relações Exteriores, antecipou a volta das férias para acompanhar a crise, segundo a colunista Natuza Nery

Caso a carta enviada pelo governo brasileiro pedindo respeito ao resultado das eleições não surta efeito junto ao presidente Nicolás Maduro, Dilma Rousseff pretende enviar um emissário ao país para uma conversa “franca e definitiva, mas discreta”; Mauro Vieira, ministro das Relações Exteriores, antecipou a volta das férias para acompanhar a crise, segundo a colunista Natuza Nery
Caso a carta enviada pelo governo brasileiro pedindo respeito ao resultado das eleições não surta efeito junto ao presidente Nicolás Maduro, Dilma Rousseff pretende enviar um emissário ao país para uma conversa “franca e definitiva, mas discreta”; Mauro Vieira, ministro das Relações Exteriores, antecipou a volta das férias para acompanhar a crise, segundo a colunista Natuza Nery (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O governo brasileiro enviou uma carta à Venezuela pedindo respeito ao resultado das eleições.

Caso a medida não surta efeito junto ao presidente Nicolás Maduro, Dilma Rousseff pretende enviar um emissário ao país para uma conversa “franca e definitiva, mas discreta”, segundo a colunista Natuza Nery.

Mauro Vieira, ministro das Relações Exteriores, antecipou a volta das férias para acompanhar a crise e orientar a redação da nota.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247