Brasileira é vítima de atentado no Líbano

Ministério de Relações Exteriores divulgou nota na qual expressa condolências às famílias das vítimas da série de atentados no Líbano e condenou a violência no país; a explosão de um carro-bomba em Beirute deixou quatro pessoas mortas e 77 feridas

Ministério de Relações Exteriores divulgou nota na qual expressa condolências às famílias das vítimas da série de atentados no Líbano e condenou a violência no país; a explosão de um carro-bomba em Beirute deixou quatro pessoas mortas e 77 feridas
Ministério de Relações Exteriores divulgou nota na qual expressa condolências às famílias das vítimas da série de atentados no Líbano e condenou a violência no país; a explosão de um carro-bomba em Beirute deixou quatro pessoas mortas e 77 feridas (Foto: Gisele Federicce)

Mariana Jungmann*
Repórter da Agência Brasil

Brasília - O Ministério de Relações Exteriores (MRE) divulgou nota nesta quinta-feira 2 na qual expressa condolências às famílias das vítimas da série de atentados no Líbano. O Itamaraty também condenou a violência no país.

"O governo brasileiro reitera, ao governo e ao povo do Líbano, seu irrestrito apoio aos esforços pela manutenção da estabilidade política do país", diz a nota.

O MRE ainda não recebeu do consulado em Beirute informações sobre a morte de uma brasileira nos atentados. O Itamaraty informou, por meio da assessoria de imprensa, esperar que a família da vítima entre em contato com o consulado ou diretamente com o próprio ministério, em Brasília.

No atentado de hoje, em Beirute, quatro pessoas morreram e 77 ficaram feridas por causa da explosão de um carro-bomba. Há seis dias, em ação similar, também na capital libanesa, sete pessoas foram mortas.

A explosão desta quinta-feira aconteceu em um bairro onde estão localizados mutios hotéis e restaurantes. No atentado, foi utilizado um carro com 20 quilos de explosivos. As autoridades libanesas ainda não sabem quem são os autores do ato terrorista.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247