Brasileiros em Paris se manifestam contra o golpe

Cerca de uma centena de brasileiros que vivem em Paris se reuniram nas proximidades do Consulado Geral do Brasil para demonstrar sua contrariedade à tentativa de golpe em curso no país; com cartazes e faixas, brasileiros pediam defesa da democracia e declaravam apoio ao ex-presidente Lula e à presidente Dilma Rousseff; nenhum dos correspondentes da grande imprensa brasileira em Paris acompanharam o ato

Cerca de uma centena de brasileiros que vivem em Paris se reuniram nas proximidades do Consulado Geral do Brasil para demonstrar sua contrariedade à tentativa de golpe em curso no país; com cartazes e faixas, brasileiros pediam defesa da democracia e declaravam apoio ao ex-presidente Lula e à presidente Dilma Rousseff; nenhum dos correspondentes da grande imprensa brasileira em Paris acompanharam o ato
Cerca de uma centena de brasileiros que vivem em Paris se reuniram nas proximidades do Consulado Geral do Brasil para demonstrar sua contrariedade à tentativa de golpe em curso no país; com cartazes e faixas, brasileiros pediam defesa da democracia e declaravam apoio ao ex-presidente Lula e à presidente Dilma Rousseff; nenhum dos correspondentes da grande imprensa brasileira em Paris acompanharam o ato (Foto: Aquiles Lins)

Por Nina Santos e Leonardo Martins, de Paris, para o 247 - Numa manifestação organizada pelas redes sociais, cerca de uma centena de brasileiros que vivem em Paris se reuniram nas proximidades do Consulado Geral do Brasil, para demonstrar sua contrariedade à tentativa de golpe em curso no país.

Em sua maior parte jovens e estudantes, os manifestantes produziram voluntariamente cartazes e faixas exaltando a democracia e denunciando o clima de instabilidade gerado por parte da imprensa, em associação com importantes setores econômicos, da oposição e do Poder Judiciário.

Nos cartazes, a defesa da democracia, a denúncia da tentativa de golpe, além de mensagens de apoio ao ex-presidente e atual ministro chefe da Casa Civil, Luiz Inácio Lula da Silva, e também à Presidenta Dilma Rousseff.

A manifestação transcorreu tranquilamente. É de se estranhar, no entanto, que nenhum dos correspondentes da grande imprensa brasileira que aqui residem tenha acompanhado o ato. A manifestação pelo impeachment que aconteceu no último domingo (13) e contou com apenas vinte pessoas foi noticiada em diversos meios de comunicação.

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247