Brian Mier: Biden tem a faca e o queijo na mão para ser o presidente mais popular dos últimos 50 anos

"Biden tem tudo para ser o presidente mais popular dos EUA desde Kennedy. A única coisa que ele precisa fazer é cumprir com suas promessas de campanha”, alertou o jornalista Brian Mier ao indicar o recuo do recém-eleito presidente em algumas importantes plataformas de campanha. Assista

(Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista estadunidense Brian Mier projetou, em sua participação no programa “O mundo como ele é”, exibido na TV 247, a gestão do novo presidente dos EUA, Joe Biden. Segundo ele, “Biden tem tudo para ser o presidente mais popular dos Estados Unidos desde Kennedy”. 

“A única coisa que ele precisa fazer é cumprir com suas promessas de campanha, que foram muito importantes para sua vitória, como o repasse de US$ 2.000 para cada cidadão, além de aumentar o salário mínimo para US$ 15,00 a hora trabalhada”, defendeu. 

No entanto, o jornalista explicou que o Partido Democrata já enviou um Projeto de Lei que indica o aumento gradual do salário, que chegará a US$ 15,00 apenas em 2025. “Isso é uma facada na classe trabalhadora”, diz ele. 

“Biden também sinalizou que essa ajuda de US$ 2.000 será rebaixada para US$ 1.400", apontou o jornalista. "Mas 80% da população é favorável a esse pagamento, ou seja, isso é completamente desnecessário ", acrescentou.

Outro ponto negativo indicado por Mier é a tensa relação com Vladimir Putin. “O Partido Democrata está doido para fazer uma guerra com a Rússia, isso é um suicídio. Para que colocaram tropas na Bulgária?", questiona.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email