Brian Mier: "O Intercept é um projeto imperialista, que tenta colonizar as mentes dos brasileiros"

O jornalista Brian Mier apontou que o projeto editorial do site estadunidense The Intercept, com sucursal no Brasil, é de “colonizar a mente dos brasileiros e alinhar mais a esquerda com os interesses geopolíticos do imperialismo”. Assista

Brian Mier: "O Intercept é um projeto imperialista, que tenta colonizar as mentes dos brasileiros"
Brian Mier: "O Intercept é um projeto imperialista, que tenta colonizar as mentes dos brasileiros"
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Brian Mier, em participação no programa Bom Dia 247 desta sexta-feira (30), comentou a respeito do papel do portal The Intercept, após a conturbada saída de seu co-fundador Glenn Greenwald da sucursal do Brasil, nesta quinta-feira (29), e considerou que a linha editorial do site é de “colonizar a mente dos brasileiros e alinhar mais a esquerda com os interesses geopolíticos do imperialismo”. 

“The Intercept é um projeto imperialista que tenta colonizar o cérebro da esquerda brasileira”, acrescentou o jornalista. 

Segundo Mier, “O The Intercept vem dizendo muitas coisas erradas”. “Eles atacaram Lula e Dilma em esquemas de corrupção que nunca existiram, às vésperas da prisão do ex-presidente. Acusaram também Evo Morales de ser um devastador do meio-ambiente, alinharam-se contra o governo do Irã e são próximos ao projeto imperialista hegemônico dos EUA”, disse. 

“Glenn disse ‘que está sendo censurado e irá lançar uma bomba sobre Biden’, mas a matéria em si não trouxe novidades a respeito do candidato, apenas repetiu o que foi escrito no New York Post, uma matéria boa sobre a censura na mídia liberal. A novidade que Glenn diz trazer, a respeito do emprego que o filho de Biden em uma empresa de energia ucraniana, todos já sabem, não há novidade nenhuma”, relatou o jornalista. 

Em sua visão, Glenn está usando seu jornalismo “para promover, em plena Fox News, que é de direita, uma manobra nas eleições presidenciais, está abertamente apoiando Trump”. 

O jornalista ainda destacou que tanto o candidato democrata quanto republicano são “imperialistas”, mas existe apenas um que "coloca crianças isoladas em gaiolas, renega o aquecimento global e possui apoiadores terra planistas”, referindo-se a Trump. 

Saiba mais 

O jornalista americano Glenn Greenwald, co-fundador do site The Intercept, anunciou nesta quinta-feira (29) que deixará a publicação, após a censura de um artigo seu criticando Joe Biden, candidato do Partido Democrata à presidência dos EUA.

Em nota publicada no Substack, plataforma que suporta boletins de assinatura e que servirá como veículo onde publicará seu jornalismo por enquanto, Greenwald criticou a postura dos editores do Intercept. 

Inscreva-se na TV 247 e confira: 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247