Busca de segurança à custa de outros países só traz novos riscos, diz Xi Jinping

"Aspiração unilateral de segurança própria sacrificando a segurança de outros países só pode criar novas contradições e riscos", disse o presidente chinês

www.brasil247.com - Xi Jinping se dirige ao Fórum Boao-2022
Xi Jinping se dirige ao Fórum Boao-2022 (Foto: Mídia chinesa)


Sputnik - A história e a realidade demonstram que a aspiração de garantir a segurança à custa da segurança de outros países trará novos riscos e contradições, declarou nesta quinta-feira (19) o presidente da China, Xi Jinping.

O presidente chinês transmitiu uma mensagem em vídeo aos participantes da reunião dos ministros das Relações Exteriores do BRICS, que ocorre hoje (19) por videoconferência sob a presidência do chanceler da China, Wang Yi.

"A história e a realidade nos dizem que a aspiração unilateral de segurança própria sacrificando a segurança de outros países só pode criar novas contradições e riscos", afirmou Xi Jinping, citado pela emissora estatal chinesa CCTV.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ele observou que "os países do BRICS devem fortalecer a confiança política e a cooperação em matéria de segurança e manter uma estreita interação e coordenação em essenciais questões internacionais e regionais, bem como considerar os interesses mais importantes e as principais preocupações mútuas, respeitar a soberania, segurança e desenvolvimento uns dos outros".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O presidente chinês também exortou os países do BRICS a se oporem à hegemonização, à política da força, à mentalidade da Guerra Fria e ao confronto em bloco, juntando esforços para construir uma comunidade de segurança para toda a humanidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No início de maio, Xi Jinping disse que as partes relevantes da Europa devem ajudar a Rússia e a Ucrânia a alcançarem a paz por meio de negociações e impedir que o conflito armado se intensifique.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email