Caso encerrado: Putin sanciona lei e Crimeia é russa

Em uma cerimônia no Kremlin transmitida ao vivo pela TV, Putin sancionou a lei ratificando um tratado que torna a Crimeia parte da Rússia, assim como a legislação que cria dois novos distritos administrativos russos: a Crimeia e a cidade portuária de Sebastopol

Russia's President Vladimir Putin chairs a meeting in his Novo-Ogaryovo residence outside Moscow, on February 26, 2013. French President Francois Hollande arrives in Moscow for his first visit as head of state and talks with Vladimir Putin tomorrow. AFP P
Russia's President Vladimir Putin chairs a meeting in his Novo-Ogaryovo residence outside Moscow, on February 26, 2013. French President Francois Hollande arrives in Moscow for his first visit as head of state and talks with Vladimir Putin tomorrow. AFP P (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News

MOSCOU, 21 Mar (Reuters) - O presidente russo, Vladimir Putin, sancionou nesta sexta-feira a legislação que concluiu o processo de anexação da Crimeia, desafiando os líderes ocidentais que afirmam que a península do mar Negro permanece parte da Ucrânia.

Em uma cerimônia no Kremlin transmitida ao vivo pela TV, Putin sancionou a lei ratificando um tratado que torna a Crimeia parte da Rússia, assim como a legislação que cria dois novos distritos administrativos russos: a Crimeia e a cidade portuária de Sebastopol.

"Quero parabenizar todos os cidadãos da Federação Russa --moradores do país inteiro, Crimeia e Sebastopol-- pelo que é, sem nenhum exagero, um marco", disse Putin a um pequeno grupo de parlamentares e autoridades antes de assinar o documento.

Eles se alinharam para cantar o hino nacional após a assinatura, e Putin cumprimentou os parlamentares.

PUBLICIDADE

Legisladores leais ao presidente aprovaram rapidamente a anexação da Crimeia nas duas Casas do Parlamento depois que o presidente assinou um tratado, na terça-feira, em um evento maior também realizado no Kremlin.

A anexação russa da Crimeia, que tem uma pequena maioria étnica russa e que foi dada à Ucrânia pelo líder soviético Nikita Khrushchev há 60 anos, desencadeou a maior crise entre a Rússia e o Ocidente desde a Guerra Fria.

PUBLICIDADE

Em um referendo realizado no domingo, a população da Crimeia aprovou por maioria esmagadora a adesão à Rússia, numa votação considerada ilegítima pelos Estados Unidos e a União Europeia. Líderes ocidentais dizem que forças russas tomaram o controle da península antes da votação, e impuseram sanções contra autoridades e parlamentares russos aliados de Putin.

(Por Steve Gutterman)

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email