CEO da Pfizer desiste de visita a Israel por ter sido somente parcialmente vacinado

Albert Bourla cancelou sua ida ao país por ter tomado apenas a primeira dose da vacina. Israel é um dos países mais avançados na imunização contra o coronavírus

Albert Bourla
Albert Bourla (Foto: Reuters/Tom Brenner)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O CEO da Pfizer, Albert Bourla, segundo o jornal The Jerusalem Post, cancelou sua esperada visita a Israel por não ter sido totalmente vacinado contra a Covid-19. Israel é um dos países mais avançados do mundo na imunização da população contra o coronavírus.

Bourla, assim como a delegação que o acompanharia a Israel, só recebeu a primeira dose do imunizante.

"Continuamos interessados ​​em visitar Israel e nos encontrar com os tomadores de decisão. A visita a Israel provavelmente será marcada para o final da primavera", comunicou um porta-voz da Pfizer.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email