Chancelaria russa diz que Ocidente ultrapassou 'linhas vermelhas'

Discussão sobre se as linhas vermelhas impostas por Moscou foram violadas é página virada

www.brasil247.com - Sede do Ministério das Relações Exteriores da Rússia
Sede do Ministério das Relações Exteriores da Rússia (Foto: Valery Varifulin/TASS)


TASS - As reflexões sobre se o Ocidente cruzou alguma linha vermelha na relação com a Rússia são coisa do passado, uma vez que os Estados Unidos declararam abertamente seus planos de derrotar a Rússia estrategicamente, disse o Ministério das Relações Exteriores.

"As reflexões sobre as linhas vermelhas estão agora no passado. Os Estados Unidos declararam inequivocamente sua intenção de infligir uma derrota estratégica à Rússia", continuou o ministério. "É impossível não perceber essa realidade."

O vice-representante permanente russo nas Nações Unidas, Dmitry Polyansky, disse que a Otan e outros países ocidentais se envolveram de fato no conflito na Ucrânia, ressalvando apenas que "nem todas as linhas vermelhas foram cruzadas".

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247