Chanceler russo acusa EUA de plano para dividir a Síria

Sergei Lavrov, ministro russo das Relações Exteriores, disse que os EUA têm um plano para dividir a Síria; "Parece que os americanos tomaram o rumo à divisão da Síria, eles simplesmente descartaram as assegurações que nos deram, que o único objetivo da sua presença na Síria sem permissão das autoridades era vencer o Daesh [grupo terrorista, proibido na Rússia] e os terroristas", afirmou

Russian Foreign Minister Sergei Lavrov takes part in a news conference in Moscow March 8, 2014. Lavrov said on Saturday the Ukrainian government was taking orders from extremists and denied Moscow had any direct role in the crisis in Crimea.  REUTERS/Serg
Russian Foreign Minister Sergei Lavrov takes part in a news conference in Moscow March 8, 2014. Lavrov said on Saturday the Ukrainian government was taking orders from extremists and denied Moscow had any direct role in the crisis in Crimea. REUTERS/Serg (Foto: Leonardo Attuch)

Da Agência Sputinik – Sergei Lavrov, ministro russo das Relações Exteriores, disse que os EUA têm um plano para dividir a Síria, no entanto a Rússia pretende perguntar a Washington como eles imaginam isso.

"Parece que os americanos tomaram o rumo à divisão da Síria, eles simplesmente descartaram as assegurações que nos deram, que o único objetivo da sua presença na Síria sem permissão das autoridades era vencer o Daesh [grupo terrorista, proibido na Rússia] e os terroristas", disse Lavrov.

Mas agora, prosseguiu, eles afirmam que sua presença se manterá até que eles fiquem convencidos que na Síria se iniciou um processo estável de regulação política, cujo resultado será a mudança do governo.

Sergei Lavrov abordou o assunto do uso de armas químicas na Síria e a investigação em torno do tema.

Segundo algumas fontes, recentemente na Síria houve casos de uso de armas químicas de que os EUA logo acusaram a Síria e seu aliado, a Rússia.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247