Chanceleres de China e Paquistão realizam diálogo estratégico

O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, disse nesta terça-feira (19) que seu país e o Paquistão concordaram em continuar a apoiar-se firmemente sobre questões envolvendo seus interesses principais e preocupações importantes.

Chanceleres de China e Paquistão realizam diálogo estratégico
Chanceleres de China e Paquistão realizam diálogo estratégico
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247, com Xinhua - O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, disse nesta terça-feira (19) que seu país e o Paquistão concordaram em continuar a apoiar-se firmemente sobre questões envolvendo seus interesses principais e preocupações importantes.

Wang fez tais observações ao co-presidir com o chanceler paquistanês, Shah Mahmood Qureshi, o primeiro diálogo estratégico entre ministros das Relações Exteriores dos dois países.

O dirigente chinês indicou que o país apoia firmemente os esforços paquistaneses em proteger sua soberania e dignidade nacional, procurando independentemente um caminho de desenvolvimento que atenda às suas condições nacionais, promovendo a estabilidade e o desenvolvimento nacionais, e desempenhando um papel mais construtivo nos assuntos regionais.

Os dois lados concordaram em manter intercâmbios de alto nível, promover a construção do Corredor Econômico China-Paquistão e reforçar cooperação anti-terrorismo.

Wang salientou que a paz e a estabilidade no sul da Ásia estão em linha com os interesses comuns da região e também são esperanças comuns da comunidade internacional. A China aprecia os esforços construtivos do Paquistão para aliviar a situação, e pede que o país e a Índia se contenham e resolvam suas diferenças através do diálogo e por meios pacíficos.

Qureshi lembrou que o Paquistão e a China são parceiros cooperativos estratégicos abrangentes. O povo paquistanês está comprometido em promover a construção do Corredor Econômico China-Paquistão e expandir a cooperação bilateral em várias áreas.

O Corredor Econômico China-Paquistão é um projeto pioneiro da Iniciativa do Cinturão e Rota e tem seguido os princípios de consulta alargada, contribuição conjunta e benefícios compartilhados, destacou Wang após as conversações, em encontro com a imprensa.

O chanceler chinês revelou que, após mais de cinco anos de construção do corredor, foi alcançado um progresso significativo. Os resultados positivos precoces, que são representados por 22 projetos, melhoraram significativamente a infraestrutura de transporte e o abastecimento elétrico do Paquistão e criaram dezenas de milhares de empregos no país.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247