Chefe da missão da liga Árabe para a Síria renuncia

Pedido de Mohammed Ahmed Mustafa al-Dabi foi feito horas antes do encontro de ministros das relaes exteriores para avaliar a proposta do envio de uma nova misso ao pas, que acontece no Egito

Chefe da missão da liga Árabe para a Síria renuncia
Chefe da missão da liga Árabe para a Síria renuncia (Foto: Divulgação)

O chefe sudanês da missão de observação da Liga Árabe para a Síria, Mohammed Ahmed Mustafa al-Dabi, renunciou ao cargo neste domingo, horas antes do encontro de ministros das relações exteriores para avaliar a proposta do envio de uma nova missão ao país, incluindo monitores das Nações Unidas. O grupo, reunido no Cairo, também avalia a proposta de expulsar embaixadores sírios de capitais árabes.

A Liga Árabe tem encabeçado os esforços regionais para encerrar os 11 meses de rebelião contra o regime do presidente Bashar Assad. Um plano foi posto em andamento em dezembro, com o qual Assad havia concordado, e um grupo de observadores foi enviado à Síria para checar se o regime estava cumprindo com o prometido. Mas no mês passado, quando ficou claro que o regime de Assad desrespeitava os termos do acordo e que as agressões contra os manifestantes continuavam, a Liga Árabe retirou a missão de observação do país.

Autoridades da Liga disseram ainda que o grupo vai pedir aos grupos de oposição na Síria que eliminem diferenças e se unam sob um só guarda-chuvas, para aumentar a pressão contra o regime. A Liga avalia a possibilidade a reativar a missão de observação, expandindo-a para incluir monitores de países não-árabes, de nações muçulmanas e as Nações Unidas. Mas é provável que os sírios não aceitem uma nova missão.

Os ministros das Relações Exteriores do Conselho de Cooperação do Golfo - Arábia Saudita, Kuwait, Emirados Árabes Unidos, Omã, Catar e Bahrein - também propõem a expulsão de embaixadores sírios de todas as nações da Liga Árabe. Os ministros querem ainda que as nações árabes retirem seus embaixadores de Damasco. As informações são da Associated Press.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247