Chega a 14 o número de mortos no ataque em Barcelona

Aumentou nesta sexta-feira o balanço de mortos e feridos nos ataques de Barcelona e Cambrils, na Espanha. De acordo com os serviços de emergência, 130 pessoas de 34 nacionalidades ficaram feridas nos dois atropelamentos; a Polícia autônoma da Catalunha informou que a 14ª vítima foi uma mulher, que tinha ficado ferida em La Rambla e morreu nesta manhã; entre os feridos, 17 estão em situação crítica e outras 30, em estado grave

Polícia investiga cena de ataque em Cambrils, ao sul de Barcelona, na Espanha 18/08/2017 REUTERS/Stinger
Polícia investiga cena de ataque em Cambrils, ao sul de Barcelona, na Espanha 18/08/2017 REUTERS/Stinger (Foto: Romulo Faro)

247 - Aumentou nesta sexta-feira o balanço de mortos e feridos nos ataques de Barcelona e Cambrils, na Espanha. De acordo com os serviços de emergência, 130 pessoas de 34 nacionalidades ficaram feridas nos dois atropelamentos. Quatro pessoas foram detidas por suspeita de envolvimento nos atentados.

A Polícia autônoma da Catalunha (Mossos d'Esquadra) informou que a 14ª vítima foi uma mulher, que tinha ficado ferida em La Rambla e morreu nesta manhã. A primeira vítima a ser identificada foi o italiano Bruno Gulotta, de 35 anos. Entre os feridos, 17 estão em situação crítica e outras 30, em estado grave.

A polícia espanhola deteve nesta sexta em Ripoll, na província catalã de Girona, dois marroquinos por suspeita de ter vínculos com os atentados terroristas em Barcelona e Cambrils sem fornecer detalhes da investigação.

Anteriormente, um espanhol e um marroquino já tinham sido detidos, mas nenhum deles era o motorista da van, segundo a polícia. A polícia afirmou apenas que nenhum dos detidos tinha antecedentes de atos ligados a terrorismo.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247